in , , , ,

Chape vence Inter, devolve liderança ao São Paulo e afunda o Vasco no Z4

Nesta segunda-feira (17), a Chapecoense deixou a zona de rebaixamento do Brasileirão 2018 e encerrou a invencibilidade de nove jogos do Internacional.

Em duelo eletrizante até o apito final, a Chape venceu de virada, por 2 a 1, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Com o triunfo, o time catarinense subiu para a 16ª posição com 28 pontos. Com 49, o Colorado desperdiçou a chance de reassumir a liderança.

Para alcançar seus objetivos na rodada, as duas equipes entraram em campo de olho nos três pontos. Lutando para deixar a zona de rebaixamento, a Chapecoense contou com o apoio do torcedor, que compareceu em peso. Empolgados com a possibilidade de retomar a liderança, os colorados foram os primeiros a fazer a festa nas arquibancadas. Aos 25 minutos, Nico López converteu de pênalti e colocou os gaúchos na frente. A Chape reagiu antes mesmo do intervalo. Após acertar o travessão com Diego Torres em cobrança de falta, o Verdão balançou as redes aos 36 minutos. Leandro Pereira aproveitou bola levantada na área e, de cabeça, deixou tudo igual, 1 a 1.

Chapecoense venceu o Inter na Arena Condá - Foto: Ricardo Duarte
Chapecoense venceu o Inter na Arena Condá – Foto: Ricardo Duarte

Empolgada com o gol de empate, a Chapecoense voltou para o segundo tempo em cima do Internacional, que assustou em contra-ataque veloz aos 10 minutos. Cara a cara com Jandrei, Jonatan Álvez invadiu a área, mas o goleiro salvou os catarinenses. Apostando nas bolas aéreas, a Chape voltou a assustar com Leandro Pereira aos 13 minutos. A pressão dos mandantes aumentou e, aos 36 minutos, Leandro Pereira fez de pênalti, 2 a 1. Mesmo com um jogador a menos, após a expulsão de Cuesta, o Colorado teve a chance de empatar, de pênalti, nos acréscimos, mas Jandrei defendeu cobrança de Leandro Damião. No último lance, o goleiro salvou novamente em defesa com o pé. Fim de jogo: 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
Chapecoense (2): Jandrei; Eduardo (Barreto), Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos, Victor Andrade (Bruno Silva), Diego Torres (Yann Rolim) e Doffo; Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira.
Internacional (1): Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Gabriel Dias, Edenilson e Patrick; Nico López (D’Alessandro), William Pottker (Camilo) e Jonatan Alvez (Leandro Damião). Técnico: Odair Hellmann.
Gols: Nico López (I), aos 25 minutos do primeiro tempo; Leandro Pereira (C), aos 36 minutos do primeiro tempo; Leandro Pereira (C), aos 36 minutos do segundo tempo.
Local: Arena Condá, em Chapecó-SC.
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhaes, auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (trio do RJ)
Cartões amarelos: Rafael Thyere, Doffo, Jandrei, Barreto (C); Víctor Cuesta, Gabriel Dias, Patrick (I).
Cartão vermelho: Víctor Cuesta (I).

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by O Futebol

Equipe de jornalistas e Colaboradores que selecionam, editam e produzem o conteúdo do Jornal O Futebol.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Fluminense: Everaldo foca na Sul-Americana: “Vamos com espírito guerreiro”

Pedro vai operar o joelho e não joga mais pleo Fluminense este ano