quarta-feira, 24 de abril de 2019 7:0558

Grêmio pede fundamentos e monta recurso à Conmebol em ‘caso Gallardo’

- Publicidade -

O Grêmio vai recorrer da decisão do Tribunal Disciplinar da Conmebol no ‘caso Gallardo’. Nesta segunda-feira (5), os advogados gremistas pedirão os fundamentos para elaborar a peça que será entregue à Câmara de Apelações da confederação sul-americana. Mesmo assim, a final da Libertadores entre Boca Juniors e River Plate não corre risco de ser adiada.

A decisão do último sábado vedou chance de efeito suspensivo. Com isso, o Grêmio buscará pena maior a Marcelo Gallardo, treinador do River Plate, e responsabilização do clube argentino.

De acordo com o departamento jurídico do Grêmio, o pedido de acesso aos fundamentos da decisão do Tribunal Disciplinar da Conmebol será feito nesta segunda-feira. O regimento dá prazo de até sete dias para que seja feito o pedido de recurso.

Com acesso aos fundamentos, os advogados do Grêmio irão finalizar a apelação. A ideia é buscar punição ao River Plate, ainda sob argumento de que o clube ajudou Gallardo a descumprir suspensão imposta um dia antes da segunda partida da semifinal, em Porto Alegre.

Internamente, o Grêmio vê o recurso como uma forma de marcar posição. Ainda no sábado, o clube gaúcho se mostrou revoltado com a decisão da Conmebol. Aos olhos dos dirigentes, a demora entre o fim da audiência realizada na sexta-feira e a divulgação do julgado não faz sentido. Na Arena, circulou versão de que houve impasse entre os julgadores.

O grupo julgador fez uso de artigo que versa sobre ‘estabilidade das competições (Pro Competitione)’ e refutou a possibilidade de punir o River Plate. Sem sanção ao clube, o pedido do Grêmio de reversão do placar e classificação à final foi negado.

Para o Grêmio, a decisão foi tomada também por influência política. Os dirigentes gaúchos ficaram irritados com a antecipação abrupta do julgamento, de sábado para sexta-feira, e com o comunicado fora do horário de expediente e horas antes do início da audiência no Paraguai.

RELEMBRE O CASO

Na segunda-feira à noite, Marcelo Gallardo foi suspenso por uma partida, e o River Plate multado em 20 mil dólares (R$ 74,4 mil, na cotação atual) por reincidência em atraso para o segundo tempo. No dia seguinte, o treinador assistiu ao jogo contra o Grêmio em uma cabine de imprensa da Arena.

A transmissão do SporTV, contudo, flagrou o uso de um rádio comunicador para contato direto entre Gallardo e a comissão técnica do River. Além disso, o treinador foi ao vestiário visitante no intervalo para passar instruções.

Ao ver a cena, dirigentes do Grêmio denunciaram a entrada do argentino aos funcionários da Conmebol, e os mesmos aguardaram para produzir provas. Depois da partida, com a virada e classificação à final, Gallardo cometeu outra infração e deu coletiva na zona mista. Antes, o auxiliar Matías Biscay ironizou. “Talvez ele estivesse falando com sua família na Argentina”, disse, ao responder sobre o uso do rádio comunicador.

“Talvez eu tenha descumprido uma regra de não poder entrar no vestiário, porque não estava permitido. Eu reconheço e assumo (o erro), mas era o que eu precisava. O que eu sentia que tinha que fazer e não me arrependo”, afirmou Gallardo, depois do jogo.

O Grêmio pediu punição semelhante à aplicada nos casos de Chapecoense e Santos, em 2017 e 2018, respectivamente. A tese do clube gaúcho é que Marcelo Gallardo foi utilizado de forma irregular. Os dirigentes citaram os artigos 176 do Regulamento Geral de Competições da Conmebol e artigos 19, 56 e 76 do Regulamento Disciplinar.

Diante do protesto do Grêmio, e com processo aberto internamente, a Conmebol marcou audiência para sábado. Na quinta-feira à noite, a entidade antecipou a sessão e comunicou ao Grêmio por volta das 20h (Brasília). Surpreso, o clube gaúcho se desdobrou para conseguir viabilizar presença de seus advogados em Luque, no Paraguai. A previsão inicial era de anúncio no mesmo dia, mas depois houve prorrogação de prazo para sábado, 12h. O posicionamento, no entanto, saiu apenas no sábado à noite.

Últimas Notícias

Santos deixa vantagem de lado e quer nova vitória sobre o Vasco, veja escalação

Após vencer o primeiro duelo por 2 a 0, com gols de Rodrygo e Jean Mota, o Alvinegro Praiano pode empatar, ou até perder por um gol

Vasco da Gama x Santos pela Copa do Brasil, confira a escalação do Gigante

Neste duelo, o Vasco será comandado pela primeira vez pelo técnico Marcos Valadares.

Corinthians recebe Chapecoense por vaga nas oitavas da Copa do Brasil

Alvinegro precisa vencer por dois ou mais gols para avançar na competição

Destaques do Brasileirão: Dudu, do Palmeiras: os dias de fico de um gigante alviverde

Atacante chegou ao Palmeiras em 2015 e acumula títulos e números impressionantes onde considera sua casa

Destaques do Brasileirão: Thiago Heleno, do Athletico-PR: o General

Zagueiro de 30 anos chegou ao Furacão em 2016 e ganhou o apelido de "General". Foi ele quem bateu o pênalti decisivo que garantiu o título da Sul-Americana

Destaques do Brasileirão: Grêmio aposta em Everton Cebolinha, o Rei do Drible

Marcado pela ousadia de suas canetas e arrancadas, Everton é peça-chave no Grêmio que busca seu primeiro Brasileirão desde 1996

Destaques do Brasileirão: Patrick Fabiano, o Habib que quer fazer história no CSA

Com passagem de sucesso pelo Mundo Árabe, Patrick Fabiano quer agora escrever a própria história no futebol brasileiro

Felipe Amorim mira estreia na Série B e reencontro com o Figueirense

O jogador, atualmente no Guarani, disputará pela oitava vez em 2019. No próximo sábado (17), às 16h30, o Bugre recebe o Figueirense

Na Bulgária, Matheus Leoni projeta partida contra equipe de Paulinho, ex-Corinthians

Enquanto o Beroe ocupa a quinta posição da tabela, com 47 pontos somados, o Levski Sofia é o terceiro colocado da liga nacional, com 59

Ex-Flamengo e Vitória, Vander fala sobre futebol da Tailândia

Meia-atacante está em seu terceiro ano no futebol tailandês