quarta-feira, 24 de abril de 2019 7:0813

Palmeiras e Inter trocam farpas e aumentam disputa de bastidores por título

- Publicidade -

Na reta final do Campeonato Brasileiro, a briga pelo título acontece também fora do campo. O líder, o Palmeiras, e o vice-líder, o Internacional, têm trocado farpas públicas e elevado a temperatura nos bastidores para as seis últimas rodadas da competição.

Alvo de indiretas do clube gaúcho nas últimas semanas, o time alviverde entrou de vez no confronto com a declaração do presidente Maurício Galiotte na última segunda-feira (5), de que o rival colorado é o “mais beneficiado pela arbitragem”.

As reclamações do Inter com referências ao Palmeiras têm sido frequentes. Após o empate por 2 a 2 com o Santos em 22 de outubro, em que Leandro Damião teve um gol anulado depois de vários minutos de discussão da arbitragem, o técnico Odair Hellmann disse que, no dia anterior, o juiz havia “esperado” o replay da televisão para validar um pênalti a favor do Palmeiras contra o Ceará -o que não aconteceu.

Dois dias depois, o experiente meia D’Alessandro afirmou em entrevista coletiva que é difícil disputar título com equipes paulistas ou cariocas, insinuando que haveria favorecimento a times do Sudeste do país. “A briga é desigual, é difícil. Vocês podem tirar suas conclusões”, disse o camisa 10.

Já no último domingo (4), após a vitória sobre o Atlético-PR com um pênalti polêmico nos acréscimos, o vice de futebol do Inter, Roberto Melo, disse que o Palmeiras já “parecia comemorar o título” e que havia ainda “muita coisa pela frente”. A resposta alviverde veio no dia seguinte, com Galiotte usando os relatórios de arbitragem da CBF para dizer que o Inter tem sido o clube mais beneficiado por erros.

A disputa de bastidores envolve ainda outra questão: o Internacional articula com outros clubes um rompimento de seu vínculo com o Esporte Interativo por direitos de transmissão na TV fechada, alegando que a Turner, proprietária dos canais, desrespeitou o contrato ao pagar mais para o Palmeiras do que para as outras equipes pelo acordo.

As trocas de farpas com concorrentes diretos não são novidade para o Palmeiras. Em 2016, ano do último título brasileiro alviverde, o clube também se desentendeu nos bastidores com o Flamengo, em relação que permanece estremecida até hoje. O diretor de futebol alviverde, Alexandre Mattos, e o técnico Luiz Felipe Scolari, aliás, aguardam julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por insinuarem que a arbitragem da vitória sobre o Ceará havia dado propositalmente cartão amarelo para jogadores palmeirenses pendurados, com a intenção de tirá-los do jogo contra o Fla na rodada seguinte.

Além disso, o diretor executivo de futebol rubro-negro à época, Rodrigo Caetano, teve atritos com Mattos há dois anos e trabalha atualmente no Internacional.

Com cinco pontos de vantagem sobre o clube colorado, o Palmeiras está em situação relativamente confortável para conquistar o título nas seis rodadas que faltam, mas não quer baixar a guarda. Elenco, comissão técnica e diretoria mantêm o discurso unânime de que ainda não tem nada ganho e que será preciso trabalhar muito para superar Inter e Fla na reta final.

O time alviverde volta a campo no próximo domingo (11), contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte. No mesmo dia, os colorados enfrentam o Ceará, no Castelão.

Últimas Notícias

Santos deixa vantagem de lado e quer nova vitória sobre o Vasco, veja escalação

Após vencer o primeiro duelo por 2 a 0, com gols de Rodrygo e Jean Mota, o Alvinegro Praiano pode empatar, ou até perder por um gol

Vasco da Gama x Santos pela Copa do Brasil, confira a escalação do Gigante

Neste duelo, o Vasco será comandado pela primeira vez pelo técnico Marcos Valadares.

Corinthians recebe Chapecoense por vaga nas oitavas da Copa do Brasil

Alvinegro precisa vencer por dois ou mais gols para avançar na competição

Destaques do Brasileirão: Dudu, do Palmeiras: os dias de fico de um gigante alviverde

Atacante chegou ao Palmeiras em 2015 e acumula títulos e números impressionantes onde considera sua casa

Destaques do Brasileirão: Thiago Heleno, do Athletico-PR: o General

Zagueiro de 30 anos chegou ao Furacão em 2016 e ganhou o apelido de "General". Foi ele quem bateu o pênalti decisivo que garantiu o título da Sul-Americana

Destaques do Brasileirão: Grêmio aposta em Everton Cebolinha, o Rei do Drible

Marcado pela ousadia de suas canetas e arrancadas, Everton é peça-chave no Grêmio que busca seu primeiro Brasileirão desde 1996

Destaques do Brasileirão: Patrick Fabiano, o Habib que quer fazer história no CSA

Com passagem de sucesso pelo Mundo Árabe, Patrick Fabiano quer agora escrever a própria história no futebol brasileiro

Felipe Amorim mira estreia na Série B e reencontro com o Figueirense

O jogador, atualmente no Guarani, disputará pela oitava vez em 2019. No próximo sábado (17), às 16h30, o Bugre recebe o Figueirense

Na Bulgária, Matheus Leoni projeta partida contra equipe de Paulinho, ex-Corinthians

Enquanto o Beroe ocupa a quinta posição da tabela, com 47 pontos somados, o Levski Sofia é o terceiro colocado da liga nacional, com 59

Ex-Flamengo e Vitória, Vander fala sobre futebol da Tailândia

Meia-atacante está em seu terceiro ano no futebol tailandês